Recuperação da senha
Insira o seu e-mail cadastrado para receber instruções para recuperar o seu acesso.
×




Cadastre-se já na newsletter. Fique por dentro das notícias, cadastre-se agora na newsletter!

Matérias da Revista Ferroviária

VLI completa hoje 10 anos de operação

  18/12/2020
person RF
person RF
VLI completa hoje 10 anos de operação

A VLI completa 10 anos de operação hoje (18/12) celebrando alguns feitos. Segundo a empresa, na última década foram investidos mais de R$ 9 bilhões na construção de ativos, ampliações, melhorias na malha ferroviária, aquisição de vagões e locomotivas. Com operações em dez estados e no Distrito Federal, a concessionária saltou de cinco mil para cerca de 7,5 mil profissionais no período.

Em 10 anos, foram movimentadas 300 milhões de toneladas pelos trilhos da Ferrovia Centro-Atlântica e do Tramo norte da Ferrovia Norte-Sul, afirma a companhia. Em 2011, eram cerca de 13 mil vagões e 500 locomotivas. No último ano, foram contabilizados mais de 22 mil e 800, respectivamente.

''Nossa proposta de gerar valor para os nossos clientes, a integração de modais, é um caminho essencial para o Brasil ganhar competitividade. A infraestrutura logística tornou-se um tema de interesse nacional e prevemos contribuir cada vez mais conectando produtos e mercados. Em dez anos, já transformamos a logística do Brasil e esperamos fazer mais nos próximos anos. Estamos empenhados em novas parcerias e em inovar para seguir aprimorando o setor e auxiliando a economia nacional'', diz Ernesto Pousada, presidente da VLI.

A operadora, que se apresenta como uma empresa de soluções logísticas, vem investindo na melhor conexão entre terminais, ferrovias e portos. Depois de um exemplo bem-sucedido no terminal de Araguari, no Triângulo Mineiro, a VLI passou a replicar o modelo de integração, para aumentar a velocidade no escoamento de cargas.

''O papel dos terminais é essencial. Antes dessas unidades centralizarem os volumes dos caminhões, o processo de embarque nas composições era disperso e resultava em longos intervalos para formar o trem. Em Araguari, um processo que durava 72 horas sem o terminal passou a durar, em média, sete horas. Outros cinco ativos posicionados em regiões estratégicas de Minas Gerais, São Paulo e Tocantins foram construídos e adotam o sistema para movimentar grãos, açúcar e fertilizantes. Juntas, essas unidades podem receber mais de 25 milhões de toneladas por ano'', disse a empresa em nota.