Login

 Cadastre-se
 
Siga a RF

 Notícias da Imprensa



« Voltar
   

Acordo estabelece licitação para bilhetagem eletrônica das passagens intermunicipais

02/11/2017 - O GLOBO

O governo estadual, o Ministério Público Estadual e a Defensoria Pública firmaram um termo de compromisso para a realização de uma licitação do sistema de bilhetagem das passagens intermunicipais. O promotor Pedro Rubim explicou, em entrevista ao "Bom Dia Rio", que o acordo estabelece um cronograma para o processo de licitação do sistema e de contratação de uma empresa para fazer o processamento dos dados sobre o transporte público intermunicipal do estado:

- Esse controle é feito por uma em presa privada, que é a Riocard, controlada pela Fetranspor. O objetivo desse compromisso é de que no prazo de 18 meses seja feita a modelagem do processo licitatório e de todas as etapas para que seja feita a contratação para essa empresa. E que traga então uma série de melhorias em respeito aos milhares de consumidores que usam esse serviço - disse Rubim.

O promotor disse que um dos objetivos é ter o controle de todas as informações para poder cobrar das empresas de transporte uma boa prestação de serviço, como por exemplo, saber o número de passageiros por veículo, como é a arrecadação com os valores das passagens para determinar o preço futuro. Com isso, o estado terá informações para que a qualidade de prestação de serviços seja atestada de maneira efetiva.

O secretário estadual de Transportes, Rodrigo Vieira, disse que o acordo com o MP e a Defensoria Pública visa a separar todas as transações que envolvem bilhetagem eletrônica de gratuidade ou de bilhete único. Atualmente, a Riocard processa esses dados dos ônibus e cada concessionária de metrô e trem processa os seus. Para ele, com a unificação dos dados, o estado terá uma visão melhor do sistema de transportes:

- Hoje o estado recebe de diversos órgãos parte das informações, mas é difícil fazer uma consolidação e gerar resultado. Outra grande vantagem é que os cartões de gratuidade, por exemplo, do idoso, do estudante, do portador de doença crônica ou do deficiente, vai mudar. Ele não vai precisar pegar o vale social em cada empresa. Um deficiente visual, por exemplo, não pode ter três cartões diferentes para entrar num modal. A gente vai unificar e fazer com todas as companhias tentem fazer melhor - disse o secretário ao telejornal, acrescentando que o metrô já está utilizando o cartão de crédito para a compra da passagem.

Vieira avaliou que, ao abrir a licitação e a competição entre empresas, haverá uma melhoria na prestação dos serviços. Ele disse que além do Riocard, espera que os cartões do Metrô e da Supervia sejam usados, no futuro, também em outros modais.

- Com isso, o usuário vai poder escolher onde comprar seus créditos. Tenho certeza que o sistema melhora, o usuário se beneficia. E o estado, com mais informações, pode tomar decisões mais inteligentes de alocações de transportes - disse o secretário.

O secretário disse ainda que vai se criar uma plataforma que vai permitir também que as empresas criem novas integrações. O metrô, citado por ele, criou novas integrações adicionais com o BRT nas estações de integração. Com a nova modalidade dos cartões, as empresas vão poder fazer acordos privados. Vieira disse que já se está estudando a inclusão do VLT no Bilhete Único. O sistema de barcas perdeu muitos passageiros porque outros modais ficaram afastados e isso vai ser corrigido também.

- Transportes de menor capacidade, como ônibus, VLT e vans vão se adaptando para que a gente possa promover melhorias e um sistema integrado - disse o secretário.

Vieira relatou que conversou com empresas como Metrô Rio e Riocard, que se mostraram favoráveis a dar mais visibilidade às operações do Bilhete Único.



Para comentar ou arquivar notícia faça seu login no topo da página.


« Voltar


Receba nossa newsletter
As notícias veiculadas acima, na forma de clipping, são acompanhadas dos respectivos créditos quanto ao veículo e ao autor, não sendo de responsabilidade do site Revista Ferroviária.


Quem somos  |  Fale Conosco  |  Links  |  Galeria de Fotos  |  Memória Ferroviária  |  Mapa do site
Sistema de gerenciamento de conteúdo
São Paulo, quinta-feira, 16 de agosto de 2018
Todos os direitos reservados - © Revista Ferroviária