Login

 Cadastre-se
 
Siga a RF

 Notícias da Imprensa



« Voltar
   

Norma que permitirá entrada de trigo russo prestes a ser publicada

06/12/2017 - Valor Econômico

Sob pressão comercial de Moscou, o Ministério da Agricultura vai publicar uma nova Instrução Normativa para “flexibilizar” as regras sanitárias para importar trigo da Rússia. O secretário de Defesa Agropecuária do Ministério, Luís Eduardo Rangel, disse ao Valor que a norma deve sair na edição do “Diário Oficial da União” da próxima segunda-feira.

A decisão de liberar o trigo russo desagradou a área técnica do Ministério, que aponta riscos de o cereal russo trazer pragas inexistentes no Brasil e contaminar não só lavouras de trigo do Sul do país, como outras plantações como de soja e milho. De acordo com Rangel, no entanto, tudo será feito com procedimentos de segurança e controle para que o trigo russo não desembarque pelos portos do Sul.

Além do trigo, o secretário também revela que já estão praticamente concluídos os processos de liberação de pescado (principalmente bacalhau) e carne bovina da Rússia. Segundo ele, o pescado já foi liberado e três plantas brasileiras poderão fornecer para os russos, enquanto a carne ainda depende do serviço sanitário russo dar as últimas garantias sanitárias necessárias, já que a Rússia tem em seu histórico casos de febre aftosa.

A iniciativa do Ministério de agilizar essas aberturas comerciais ocorre depois de Moscou barrar todas as compras de carne bovina e suína produzidas por frigoríficos brasileiros, alegando ter encontrado o promotor de crescimento ractopamina, que é banido naquele país. Fiscais do Ministério da Agricultura avaliam que a Rússia vem impondo seus interesses comerciais para liberar a carne brasileira.

A Rússia é relevante para os exportadores das carnes bovina e suína. No primeiro caso, os russos respondem por 11% dos embarques. No segundo, a situação é de dependência. No acumulado do ano, a Rússia representou 40% das exportações brasileiras em volume e quase 50% em receita.


Leia mais: Diminui a participação de recursos próprios no custeio de safra de soja, diz Imea




Para comentar ou arquivar notícia faça seu login no topo da página.


« Voltar


Receba nossa newsletter

 Notícias Relacionadas
Blairo confirma publicação de norma que libera entrada de trigo russo
ANTT aprova início de audiência pública para mudar norma de metas ferroviárias
Safra de trigo do Paraná fica 26% abaixo do esperado com clima ruim



Quem somos  |  Fale Conosco  |  Links  |  Galeria de Fotos  |  Memória Ferroviária  |  Mapa do site
Sistema de gerenciamento de conteúdo
São Paulo, segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018
Todos os direitos reservados - © Revista Ferroviária