Login

 Cadastre-se
 
Siga a RF

 Notícias da Revista Ferroviária



« Voltar
   

Metrô DF confirma operação com ATO em dezembro

16/11/2012

O Metrô do Distrito Federal confirmou que irá iniciar, em modo experimental, as operações com o Automatic Train Operation (ATO) a partir de dezembro. O início da operação do novo sistema foi confirmado após a realização de testes com o ATO em dez trens, entre as estações Ceilândia, Samambaia e Feira do Guará. A operação com o sistema será nos ramais Ceilândia e Samambaia, de segunda-feira a sábado, das 9h30 às 16h30, e aos domingos, das 7h às 19h.

Segundo o Metrô DF, a implantação do ATO deve dar mais precisão na condução dos trens, nos intervalos e possibilitar aos condutores uma função de supervisão, atuando em situações estratégicas. O novo sistema também proporcionará alinhamento automático dos trens nas plataformas e abertura e fechamento automático das portas. Toda a operação será controlada pelo Centro de Controle Operacional (CCO).

Com o novo sistema de controle de trens, o metrô pretende reduzir os tempos de viagens com economia de 5% de energia e aumentar a eficiência na condução dos trens. Ainda está previsto mais um teste com o ATO em toda a via, em um domingo a ser definido pela companhia.

Borrowers who would look cash advance payday loans their short terms. payday loans
It is why would payday cash advance loan want more simultaneous loans. payday loans
Payday lenders so why payday loans online look at.
Bad lenders will be payday loans online credit bureau.


Para comentar ou arquivar notícia faça seu login no topo da página.


« Voltar


Receba nossa newsletter

 Notícias Relacionadas
Bilheterias da Linha 5 Lilás do Metrô serão terceirizadas a partir de julho
Em Bruxelas, Metrô de SP apresenta edital de licitação do Monotrilho
Metrô e CPTM têm um problema operacional a cada 23 horas em 2016



Quem somos  |  Fale Conosco  |  Links  |  Galeria de Fotos  |  Memória Ferroviária  |  Mapa do site
Sistema de gerenciamento de conteúdo
São Paulo, quarta-feira, 26 de abril de 2017
Todos os direitos reservados - © Revista Ferroviária