Recuperação da senha
Insira o seu e-mail cadastrado para receber instruções para recuperar o seu acesso.
×




Cadastre-se já na newsletter. Fique por dentro das notícias, cadastre-se agora na newsletter!
Últimas Notícias

Projeto visa construção de ferrovia entre Roraima e Guiana

  13/01/2021
person Folha de Boa Vista (RR)
person Folha de Boa Vista (RR)
Projeto visa construção de ferrovia entre Roraima e Guiana O projeto foi apresentado na ALERR nesta terça-feira, 12 (Foto: Divulgação)

Folha de Boa Vista (RR) - Representantes de uma empresa do ramo ferroviário, acompanhados do senador Telmário Mota (Pros) apresentaram ao presidente da Assembleia Legislativa de Roraima, deputado Jalser Renier (SD), um projeto de construção de uma ferrovia de Boa Vista até a capital guianense, Georgetown.

A proposta prevê a construção de 108 quilômetros de ferrovia entre Boa Vista e Bonfim, 504 quilômetros de Lethem (fronteira com o Brasil) a Georgetown (capital), ou 532 quilômetros de Lethem a Nova Amsterdã, um porto guianense importante para exportação. Os trilhos serão de 1,60 metros de largura para serem percorridos a 80 quilômetros por hora. Propostas similares já foram apresentadas e aprovadas em outros estados como Pará e Minas Gerais.

Os deputados Marcelo Cabral (MDB) e Renan Filho (Republicanos) também participaram da reunião. A intenção é que o Governo de Roraima desenvolva um projeto de lei para autorizar o investimento privado na construção da ferrovia.  Do papel à execução do projeto, conforme apresentação, serão cerca de sete anos.

O pontapé inicial será a aprovação na Assembleia Legislativa. O parlamentar destacou que o projeto estimulará investidores ao mercado local. "Estamos com passos bem largos neste objetivo, que é chegar a Georgetown. Sem a aprovação desse projeto você não cria as perspectivas de uma economia com praticidade", explicou Jalser Renier.  

De acordo com o senador Telmário Mota, a ferrovia facilitará a exportação de produtos nacionais e a integração entre os dois países. "Dessa forma a gente vai fazer o intercâmbio e levar o nosso produto no mercado europeu, americano, muito mais em conta, porque a ferrovia permite", complementou.

Fonte: https://folhabv.com.br/noticia/POLITICA/Roraima/Projeto...