Recuperação da senha
Insira o seu e-mail cadastrado para receber instruções para recuperar o seu acesso.
×




Cadastre-se já na newsletter. Fique por dentro das notícias, cadastre-se agora na newsletter!
Últimas Notícias

Incêndio atinge plataforma de estação e danifica locomotiva em Campinas

  01/10/2020
person Folha de S. Paulo (Blog)
person Folha de S. Paulo (Blog)
Incêndio atinge plataforma de estação e danifica locomotiva em Campinas Ao fundo, parte da plataforma que desabou na estação Carlos Gomes, com carros incendiados (Reprodução)

Um incêndio na noite desta quarta-feira (30) explodiu dois veículos, atingiu a plataforma da estação ferroviária Carlos Gomes e danificou uma locomotiva histórica em Campinas.

O fogo, na estação que abriga a oficina de restauro de trens da ABPF (Associação Brasileira de Preservação Ferroviária), teve início num pasto próximo ao local, que derrubou um coqueiro. Ele, em chamas, atingiu uma retroescavadeira usada pela associação, que acredita que a partir disso o fogo se alastrou e atingiu a plataforma.

O teto metálico da construção, cuja estrutura de sustentação é de madeira, caiu e o fogo atingiu portas e janelas dela, além de dois automóveis de funcionários da ABPF, que explodiram, e parte da pintura da histórica maria-fumaça número 9.

Não havia ninguém na oficina da associação quando o fogo começou, segundo o diretor administrativo da ABPF Campinas, Helio Gazetta Filho. Não houve feridos.

"Quando a turma soube, voltou correndo, mas o fogo já tinha atingido de uma forma chocante, difícil de conter. É um momento difícil, desanimador, mas já sofremos um incêndio muito grande e a gente venceu. Agora, a gente vai vencer de novo", afirmou.

Em setembro de 1985, a associação, criada oito anos antes, sofreu o que é, até aqui, o maior baque nas suas mais de quatro décadas de existência, quando um incêndio criminoso destruiu dez vagões usados no transporte de turistas entre Campinas e Jaguariúna. Eles estavam estacionados na mesma estação.

De acordo com Gazetta Filho, o fogo não atingiu a oficina da associação e o Corpo de Bombeiros, acionado, conseguiu conter o fogo antes das 22h.

A associação passa por dificuldades financeiras após retomar as atividades depois de cinco meses de paralisação devido à pandemia do novo coronavírus.

Os passeios turísticos em Campinas estão sendo realizados aos finais de semana, mas não têm chegado a Jaguariúna, já que a prefeitura da cidade vizinha ainda não liberou o retorno de atividades turísticas. Com isso, seguem apenas até a estação Tanquinho, ainda em Campinas, e com composições menores.

Para tentar fazer caixa, a ABPF lançou campanhas de venda antecipada de ingressos, souvenirs, está com programa de associação aberto e fez promoção com ingressos para crianças por R$ 35 em outubro.

Além disso, também venceu uma licitação em Ribeirão Preto para restaurar uma locomotiva, "irmã" justamente da 9, que sofreu danos na pintura no incêndio desta quarta-feira. "A gente vai arrumar tudo, vamos repintar a 9. Vamos conseguir."

A locomotiva 9 foi fabricada ela alemã Borsig em 1912 e pertenceu à Estrada de Ferro Araraquara. Depois, foi comprada pela Usina Amália e chegou a ficar exposta em praça pública. Voltou aos trilhos há cerca de 20 anos.

Fonte: https://sobretrilhos.blogfolha.uol.com.br/2020/10/01/in...