Recuperação da senha
Insira o seu e-mail cadastrado para receber instruções para recuperar o seu acesso.
×




Cadastre-se já na newsletter. Fique por dentro das notícias, cadastre-se agora na newsletter!
Últimas Notícias

Retroescavadeira pega fogo enquanto era transportada por trem e causa incêndio em fazendas, em Goiás

  17/09/2020
person G1
person G1
Retroescavadeira pega fogo enquanto era transportada por trem e causa incêndio em fazendas, em Goiás Retroescavadeira pega fogo enquanto era transportada por locomotiva - Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Uma retroescavadeira que era transportada por um trem pegou fogo ao passar por uma região de mata entre Pires do Rio e Ipameri, no sudeste goiano. Segundo o Corpo de Bombeiros, o incêndio começou por volta de 15h de terça-feira (15) e até as 6h desta quarta (16) ainda estava se alastrando pela região.

A concessionária VLI, responsável pela ferrovia, informou, por meio de nota, que a máquina que estava sendo transportada era usada na manutenção da própria ferrovia. O comunicado diz ainda que as causas do incêndio estão sendo apuradas e que não há vítimas (leia íntegra do posicionamento ao fim da reportagem).

Os bombeiros informaram, na manhã desta quarta-feira, que o incêndio tem várias frentes e está sendo controlado por cerca de 30 militares com ajuda de trabalhadores rurais da região.

À TV Anhanguera, os militares estimaram que cerca de 20 fazendas da região foram atingidas pelas chamas. Porém, ainda não é possível informar a quantidade de exata de propriedades queimadas, qual a extensão do incêndio nem se houve algum animal ferido.

Trabalhadores de fazendas da região disseram ao Corpo de Bombeiros que o maquinista não viu quando a retroescavadeira pegou fogo e seguia viagem. O condutor só parou quando esses funcionários avisaram-no do que estava acontecendo.

A corporação estima que o maquinista tenha percorrido cerca de 30 km da ferrovia com a retroescavadeira em chamas até ser informado do que estava acontecendo e, finalmente, parar a locomotiva.

Fonte: https://g1.globo.com/go/goias/noticia/2020/09/16/retroe...