Recuperação da senha
Insira o seu e-mail cadastrado para receber instruções para recuperar o seu acesso.
×




Cadastre-se já na newsletter. Fique por dentro das notícias, cadastre-se agora na newsletter!
Últimas Notícias

Hitachi ABB Power Grids mira outros negócios

  09/07/2020
person Valor Econômico
person Valor Econômico
Hitachi ABB Power Grids mira outros negócios Paiva, da Hitachi ABB Power Grids: "Queremos crescer em áreas em que a Hitachi já tem presença, como E-Mobility" - Foto: Divulgação

Líder mundial no fornecimento de redes elétricas, a Hitachi ABB Power Grids pretende expandir seu portfólio e aumentar sua participação de mercado no Brasil. Recém concluída, a joint venture entre duas multinacionais centenárias quer aproveitar a forte penetração da Hitachi em áreas como mobilidade elétrica, cidades inteligentes, indústria e TI para ampliar os negócios.

"Acreditamos que agora temos todas as condições para crescer mais do que o mercado. Queremos ganhar 'market share' com redes mais resistentes, inteligentes e ecológicas", disse ao Valor José Paiva, responsável pelas operações no Brasil.

A nova companhia iniciou atividades na semana passada, quase um ano e meio depois de a Hitachi ter anunciado a compra de 80% da divisão de sistemas elétricos da suíça ABB por US$ 6,8 bilhões. No mundo, a Hitachi ABB Power Grids tem 36 mil funcionários em mais de 90 países e um volume de negócios de cerca de US$ 10 bilhões.

O grupo não abre números e projeções específicas para o Brasil, mas revela que o país é responsável hoje por uma pequena parcela dos negócios, de menos de 5%. Porém, o mercado brasileiro é visto como promissor devido ao baixo consumo de eletricidade per capita se comparado ao de países europeus e asiáticos.

A perspectiva de crescimento da companhia está baseada na modernização dos sistemas elétricos, impulsionada pela expansão das fontes renováveis na matriz energética e pelo avanço da geração distribuída. "Os sistemas de distribuição e transmissão exigem uma inteligência muito maior que no passado para gerenciar todas as energias distintas e também novos tipos de carga, como a de carregadores de veículos elétricos", observa Paiva.

Outra vertente de negócios é o reforço e melhoria das redes de transmissão. "O Brasil tem redes elétricas com 30 ou 40 anos em operação, há iniciativas da Aneel [agência reguladora] para promover a recuperação dessas redes".

Sob novo controle, a companhia pretende também se valer da penetração da Hitachi em diversos segmentos para aumentar seu portfólio. Uma das áreas que mais chama atenção é a de mobilidade elétrica, especialmente o carregamento de meios de transporte de massa - a Hitachi é uma grande fornecedora de trens elétricos. Segundo o executivo da Hitachi ABB Power Grids, há uma série de projetos do gênero em desenvolvimento no país, que, apesar do alto grau de complexidade e das dificuldades de implementação, apontam para uma tendência "irreversível".

A despeito do cenário positivo no médio e longo prazo, a companhia vem sofrendo neste ano com a postergação de leilões de geração e transmissão de energia, que garantem os principais negócios para o grupo. No início do ano, estavam previstos pelo menos seis certames, que acabaram sendo adiados indefinidamente pelo governo devido às incertezas trazidas pela pandemia. "Queremos crer que eles [leilões] foram adiados e que, com o término da pandemia, o consumo de energia vai voltar aos patamares de antes e ao crescimento que era esperado", afirma Paiva.

A companhia não interrompeu atividades nas unidades fabris de Guarulhos (SP) e Blumenau (SC) por causa da pandemia, mas teve de trabalhar temporariamente com o pessoal reduzido e adaptar as instalações para garantir a segurança dos funcionários.

"Não houve necessidade de fazer demissões até agora, mas estamos olhando para a frente e vendo que os novos projetos não estão chegando. Ainda temos uma carteira de negócios bastante razoável, que nos levará até o começo do próximo ano, mas esperamos que haja recuperação".

Fonte: https://valor.globo.com/empresas/noticia/2020/07/09/hit...