Recuperação da senha
Insira o seu e-mail cadastrado para receber instruções para recuperar o seu acesso.
×




Cadastre-se já na newsletter. Fique por dentro das notícias, cadastre-se agora na newsletter!
Últimas Notícias

Queda de usuários deve fazer Metrô e CPTM perder R$ 800 milhões em receita

  09/04/2020
person Valor Econômico
person Valor Econômico
Queda de usuários deve fazer Metrô e CPTM perder R$ 800 milhões em receita Foto: LinkedIn / CCR

A forte queda na frequência de passageiros do sistema de Metrô e CPTM por causa das medidas de isolamento social em São Paulo deve levar a uma perda de R$ 800 milhões na receita do sistema de transporte sobre trilhos do Estado, segundo o secretário de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy. Em 2019, a receita tarifária no sistema foi de cerca de R$ 4,5 bilhões, segundo os demonstrativos financeiros de ambas as companhias.

De acordo com dados da secretaria, no início desta semana, a queda no número de passageiros que utilizam o Metrô chegou a 80% e, na CPTM, a 76%. Esses índices já foram maiores. Logo depois de o Estado e a Prefeitura de São Paulo anunciarem as medidas de isolamento social, o recuo no número de usuários chegou a 85% no Metrô e 83% na CPTM. Na EMTU, de ônibus intermunicipais, a queda chegou a 80% e, agora, está em 73%.

Baldy explica que, no sistema sobre trilhos, apesar do recuo expressivo no número de passageiros, em torno de 75% da frota tem sido mantida em operação para evitar aglomerações. "Assim, os custos fixos permanecem", observa.

Segundo o secretário, o movimento nas estações tem sido avaliado diariamente e por faixa de horários para evitar focos de aglomeração. Desde o início das medidas de isolamento, houve casos pontuais, que foram rapidamente resolvidos, afirmou.

A Secretaria de Transportes Metropolitanos elaborou um plano de contingenciamento, adotado em 24 de março, em que acessos secundários das estações foram fechados diante da redução do número de passageiros e também de funcionários, os que estão no grupo de risco do coronavírus foram afastados temporariamente.

Num dia de semana normal, o Metrô recebe 5,5 milhões de passageiros, a CPTM, 3 milhões, e a EMTU, dois milhões de usuários.

Fonte: https://valor.globo.com/brasil/noticia/2020/04/08/queda...