Recuperação da senha
Insira o seu e-mail cadastrado para receber instruções para recuperar o seu acesso.
×




Cadastre-se já na newsletter. Fique por dentro das notícias, cadastre-se agora na newsletter!
Últimas Notícias

ANTT autoriza CCR a implantar extensão da Linha 1 do metrô de Salvador

  10/02/2020
person Diário do Transporte
person Diário do Transporte
ANTT autoriza CCR a implantar extensão da Linha 1 do metrô de Salvador Foto: Divulgação Elói Corrêa/ GOV BA

A Superintendência de Exploração da Infraestrutura Rodoviária, da Agência Nacional de Transportes Terrestres - ANTT, autorizou a obra de implantação do tramo 3 da linha 1 do Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas.

A obra está localizada entre os km 616+800m e km 621+400m, da Rodovia BR-324/BA, sob concessão à Concessionária Via Bahia, em Salvador/BA.

A obra é de interesse da Secretaria de Desenvolvimento Urbano - SEDUR/BA do Governo do Estado da Bahia e da empresa CCR Metrô Bahia.

Como mostrou o Diário do Transportes, a extensão da Linha 1 do metrô de Salvador até a região de Cajazeiras/Águas Claras tem cerca de cinco quilômetros de extensão, parte de Pirajá e terá ainda a construção de duas estações: Campinas e Águas Claras/Cajazeiras.

A obra foi licitada em novembro de 2018. Relembre: Governo da Bahia lança edital do Tramo 3 do Metrô até Cajazeiras

A ordem de serviço para início das obras foi dada em dezembro de 2019.

O metrô de Salvador é operado pela CCR Metrô Bahia que, através de uma Parceria Público Privada com o governo estadual, construiu as linhas 1 e 2 do sistema.

Já a construção das duas novas estações - Campinas e Águas Claras/Cajazeiro - é de responsabilidade direta do governo estadual, cabendo à concessionária a implantação dos sistemas operacionais.

As obras têm duração prevista de 30 meses, com financiamento pelo programa Pró-Transporte FGTS, da Caixa Econômica Federal/ Ministério das Cidades, com contrapartida do estado.

O Pró-Transporte, contrato de financiamento direto, realizado em 2016, tem o valor de R$ 737 milhões e ainda está vigente. A contrapartida do governo da Bahia é de R$ 49,6 milhões, segundo informações da CTB.

A estimativa é que as novas estações beneficiem entre 500 e 600 mil pessoas.

O sistema metroviário de Salvador e Lauro de Freitas (estação ainda não construída) é composto por duas linhas, que somam uma extensão de quase 33 quilômetros.

Operado pela concessionária CCR Metrô Bahia, o modal transporta diariamente 350 mil passageiros.

Com as extensões do Tramo 3 da Linha 1 e o Tramo 2 da Linha 2, do Aeroporto até Lauro de Freitas, o sistema atingirá 42 quilômetros.

Fonte: https://diariodotransporte.com.br/2020/02/10/antt-autor...