Recuperação da senha
Insira o seu e-mail cadastrado para receber instruções para recuperar o seu acesso.
×




Cadastre-se já na newsletter. Fique por dentro das notícias, cadastre-se agora na newsletter!
Últimas Notícias

Credit Suisse vê ruído em processo de renovação de malha ferroviária paulista

  10/06/2019
person Extra
person Extra
Credit Suisse vê ruído em processo de renovação de malha ferroviária paulista

Analistas do Credit Suisse chamaram a atenção para o potencial efeito ligeiramente negativo nas ações da Rumo RAIL3.SA> diante do envolvimento do Senado no processo de renovação da malha ferroviária paulista, uma vez que a movimentação dos senadores adiciona "ruído" ao tema.

Em relatório a clientes nesta sexta-feira, Felipe Vinagre e equipe destacam nota publicada na Agência Senado, segundo a qual a senadora Kátia Abreu (PDT-TO) e o senador Jean Paul Prates (PT-RN) articulam para que a Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI), junto com outros atores políticos relevantes, encaminhem um documento oficial ao Tribunal de Contas da União (TCU) propondo a suspensão do processo de renovação antecipada da malha ferroviária paulista.

De acordo com a Agência Senado, o processo de renovação antecipada prorroga por mais 30 anos a concessão da malha paulista para a empresa Rumo, faltando dez anos para a atual concessão vencer. O documento vai propor ao TCU paralisar o processo até que o Congresso Nacional estabeleça um novo marco regulatório ao setor ferroviário, e até que um questionamento judicial seja resolvido.

"O envolvimento do Senado no processo de renovação da malha paulista não estava em nosso cenário base (ou do mercado)", afirmaram os analistas. A articulação, de acordo com a Agência Senado, nasceu durante a quinta-feira na CI, que debateu em audiência pública o Projeto de Lei do Senado 261/2018, que trata da formulação do novo marco.

Os analistas ponderam, contudo, que não há novos argumentos em relação ao processo e que a maioria das questões apontadas já foram discutidas e consideradas na análise pela equipe técnica da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT)e do TCU. "Por isso, acreditamos que este documento potencial do Senado não deve impactar a opinião final dos ministros do TCU."

Na véspera, as ações da Rumo fecharam a 19,04 reais.

Fonte: https://extra.globo.com/noticias/economia/credit-suisse...