. Notícias | Revista Ferroviária
Recuperação da senha
Insira o seu e-mail cadastrado para receber instruções para recuperar o seu acesso.
×




Cadastre-se já na newsletter. Fique por dentro das notícias, cadastre-se agora na newsletter!
Últimas Notícias

Doria viajará a Nova York para buscar US$ 10,1 bilhões em investimentos

  13/05/2019
person Estadão
person Estadão
Doria viajará a Nova York para buscar US$ 10,1 bilhões em investimentos

O governador João Doria viajará a Nova York na próxima semana para atrair capital estrangeiro e financiar seu ambicioso plano de privatização, oferecendo uma oportunidade de investimentos de mais de US$ 10,1 bilhões. Ele explicou à Agência EFE que o projeto engloba 62 áreas em infraestruturas, como estradas, ferrovias, hidrovias e aeroportos.

Segundo o governador, diversos fundos norte-americanos já demonstraram interesse nos investimentos. Do total, 21 projetos de concessão e de parcerias público-privadas (PPP) estão em diferentes graus de tramitação e podem encontrar os recursos necessários durante a viagem.

Como exemplos, ele citou o Ferroanel Norte, um ramal que se expandirá 53 quilômetros para o leste de São Paulo, e duas novas ferrovias que conectarão a capital paulista a Santos e ao Vale do Paraíba, além de outra que ligará a cidade a Campinas.

Doria também destacou as concessões de 23 aeroportos regionais que serão lançadas a partir do segundo semestre. Outro setor relevante, segundo o governador, é o farmacêutico, já que São Paulo possui um polo industrial "muito importante" de remédios: "Nosso estado concentra quase a metade de toda a produção de remédios da América do Sul".

O plano de desestatização de empresas já tinha sido anunciado por Doria durante sua campanha para Governador de São Paulo. Em janeiro, ele já havia apresentado proposta para privatizar presídios e linhas da CPTM. O projeto, entretanto, sofreu revés na Assembleia Legislativa em abril e passou por uma reformulação, sendo dividido em três blocos.

Doria em homenagem a Bolsonaro nos EUA

Doria deve ficar nos Estados Unidos até a próxima quinta-feira, 16. Durante a viagem, ele também se reunirá com empresários, fundos de investimento estrangeiros e participará do Brazilian Investment Forum.

Após a passagem por Nova York, o governador viajará para Dallas, no estado do Texas, para assistir à entrega do prêmio Personalidade do Ano 2019 ao presidente Jair Bolsonaro. O evento, realizado pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, seria inicialmente em Nova York, mas os protestos de ativistas e políticos, entre eles o prefeito da cidade, o democrata Bill de Blasio, fizeram com que os organizadores optassem pela mudança para o Texas.

Doria afirmou que o gesto do prefeito de Nova York foi um "erro". Na campanha para evitar que o evento fosse realizado na cidade, De Blasio chegou a afirmar que o "ódio" de Bolsonaro não era bem-vindo. "Não me parece que cabe a um prefeito condenar quem quer que seja por visões ideológicas diferentes das suas", ressaltou Doria. 

 

Fonte: https://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,doria-v...